quarta-feira, agosto 02, 2006

O Contador de Histórias




O Contador de Histórias
1,20 x 0,80
Acrílico sobre Tela

Aqui apresento um quadro de 2000.

"O contador de histórias" leva-nos uma vez mais para o Reino das Fábulas, em que, neste caso, o batráquio conta as suas memórias de tempos passados aos seus ouvintes pinguins.
Em que a magia das suas palavras está no ar, representada por pequenos cavalos marinhos que se dirigem a um mundo imaginário...

Na lírica medieval o "Contador de Histórias" era o Trovador que, acompanhado de instrumentos musicais entoava histórias e lendas cantadas por si.

Mas o contador de histórias é todo aquele, que como nas velhas tradições celtas, relata de sua memória às gerações vindouras, contos e epopeias de sonhar.

Conta apenas pelo prazer de falar e de ser ouvido.
É aquele que lhe basta a sua palavra e o olhar do seu ouvinte.
Para contar histórias tem de ser ter um dom. Dom esse, que vem da alma, do sangue.
Dom que nasce com a pessoa.
É aquele que empresta o seu corpo e sua alma para dar vida a mais uma história.

No fundo nós que pintamos, somos Contadores de Histórias.
E esse é o nosso legado para convosco.

Eu sou a "rã" que vos conta fábulas pintadas e vocês são os "pinguins" que atentamente observam cada pormenor neste ecrã.
E, espero, que consiga vos deixar com um pouco de magia no ar.

Beijinhos mágicos.

P.S.: Hoje, o Paulo, meu marido vai fazer um exame médico um pouco doloroso, uma Colonoscopia.
Sei que está a ser dificil para ele enfrentar a situação. Tem passado o dia lá em cima, na sala, a tomar um remédio misturado em três litros de água. Deve ser horrivel porque já vomitou muito, desculpem a expressão.
Só espero que isto tudo seja apenas uma tempestade num copo de água.
Já sabemos como os homens nestas coisas são muito "maricas". Se tivessem um filho estavam feitos.
Mas, como dizia, espero que não seja nada, porque ele sempre me incentivou a pintar e é o meu maior critico (construtivo).
Às vezes chegamos a discutir porque ele acha que eu consigo fazer melhor. E eu, tenho de dar mais. E na verdade, muitas vezes acaba por ter razão.
Bem, às vezes.
Outra vezes tenho que lhe pôr um "travão".
A ele e à minha mãe, que ainda é pior que ele. Mas a critica é que nos faz crescer.
É ele que também me dá uma mãozinha nas pesquisas que faço, tanto para a temática dos quadros, como para o que vos apresento neste dia a dia.
Aconselha-me bem com os gostos dele, bastante idênticos aos meus.
Espero que amanhã esteja aqui a mostrar-vos os meus quadros, a rirmo-nos de hoje e que ele esteja sentado ao meu lado, enquanto escrevo, e a dizer-me. "Olha lá, porque é que não pões... em vez de..."

Não há-de ser nada...

14 comentários:

Carlos disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Choninha disse...

Ana não vai ser nada! Mas de facto esse exame não é nada agradável e o produto que se bebe acho que é horrível. O meu cunhado, infelizmente, tem de o fazer periodicamente. É um drama beber aquilo. (Eles são mariquinhas mas neste caso devem ter razão: antes ter um filho!, sofre-se mas esquece-se logo imediatamente quando o bebé nasce)


Gosto ainda mais deste quadro, é possível que goste ainda mais dos próximos (risos). Mas comprar é outra história. Se soubesses os que tenho lá para vender em casa! Espero vender alguns outros vou distribuindo pelos amigos.

Eternal disse...

Espero que corra tudo bem no exame do teu marido!
Beijinho Lunar *

Vera Fróes disse...

Lindos quadros! A música é do Enigma, não? Adoro!!!
Bjos.

≈♥ Nadir ♥≈ disse...

As melhoras do teu marido.
Gostei muito da tela :)
beijinhos

Maria P. disse...

Um contador de histórias é o avô, sentado na cadeira embalando o menino.


p.s. Que tudo corra bem com o teu marido, sinceramente. bjo.

Inês Rosa disse...

Muito obrigada pelo teu comentário :)

Gosto do teu trabalho, principalmente desta tela, é diferente.

Vou estar atenta ;)

Bel disse...

Vai tudo correr bem.
A história terá um final feliz
Boa semana para vós

El Navegante disse...

Anna, ante tudo , fico muito feliz de ter a vc já como uma pasageira de luxo no meu barco.
Muito obrigado pela companhía nas viágems, e pelos comentarios que vc me deija.
E qué maravilha iste trovador que vc imaginó, uma verdadeira creaçao, magía e fanta´sia , juntas da ma de uma artista extraordinaria.
Estou de acordo con vc,en uma coisa que inmediatmtne depois de ler os origems dos contadores de historias, apareceu na minha mente, precisamente que deberíamos dr muito smias , nestes días egoistas, materilistas, tao dificiles para vivier en paz, que houvese no mio da gent muitos destas pessoas, que só espalhen felicidade.
Tudo de bom para teu marido, um abraço d eirmao, por que de aqui a pouco eu também vou me fazer lo mismo estudo, (qé lindo !!!!!)
Si morásemos mais perto, nos houvesemos internado juntos para fazer brincadeiras durante lo estudo ja ja ja ja)
Parabéns pela sua ate, e pela sua personalidades maravilhosa.
Beijo.

Ana Rodrigues disse...

Cada post é melhor que o outro!
:-)

beijocas

PS: Então e o Paulo? Já se sabe alguma coisa?

Luthien Numenesse disse...

È esse Reino das Fabulas o primeiro contacto de uma criança no mundo mágico :)
Ana, espero que o Paulo fique melhor, muita força e um grande abraço de Luz para os dois!

Herenya Na!

Alexandra disse...

As imagens que nos mostras são FABULOSAS!

Hoje não me vou alongar sobre o quadro. Venho dizer-te que tudo irá correr bem e, não tarda vais ter de novo a quem pôr os devidos travões mm aí ao teu lado. Sim, porque melhora de uma coisa e pumba, caí-te em cima com tds as forças. ;)

Vou ausentar-me mas espero conseguir cá vir sp que me seja possível.

As melhoras do teu marido e um grande beijinho para ti.

Bruxinhachellot disse...

Esse pinguim aqui adorou a estória postada.
Pensamento positivo.
Beijos.

Ces disse...

Ana, this painting is fantastic! I love this one.

Ana, what is the Portuguese word for "painting"?