sábado, outubro 21, 2006

A Menina e o Professor



"A menina e o Professor"
Medalha de Bronze Internacional na “Exposition Internationale AEA – Salons U.V.A.” Paris – France.
Óleo em Tela
2004
0,54 x 0,73

Nota: Este é um dos quadros, não recentes, que coloquei na exposição que está a decorrer na ArteGaleria em Lisboa, Terreiro do Paço, Welcome Center, 1º piso.


"Eu sou a menina feita mulher.
Corpo de mulher, desejo em alma de criança.
Peter Pan em versão feminina.
Força da Natureza Viva.
Professora de mim mesma.
Aluna de mil professores.
Criadora de sonhos.
Sonho criado em tempos de criança.
Realidade sonhada.
Conto abensonhado.
Mundo meu realizado.
Muito a aprender.
Muito a dar de mim mesma.

Mãe serena
Construi um novo reino
com o meu professor
de palmo e meio...
que veio voando para bem perto de mim.

Vinde
Fazei-me a surpresa
de transformar a nossa terra comum
Num novo Reino

Vinde
Meu querido, meu Desejado
Sebastião, o Abensonhado.
Teu sorriso são estrelas no céu."

Beijos a quem é de beijos, abraços a quem é de abraços.

22 comentários:

Anónimo disse...

Parabéns pela obra e pela musica que cá deixaste. A sensibilidade acima de tudo e tu tens MUITA!

Magnífica a ideia transmitida!

Beijinhos

Anónimo disse...

Ana que coisa mais linda de se ver e ler.
A coruja, símbolo de sabedoria é meu animal favorito. Ela me lembra muito a coruja do filme Labirinty com David Bowie, que aliás se transformava numa coruja.
Um Peter Pan na forma feminina, construindo um novo mundo junto ao seu mestre.Muito bom seria se nosso imaginário repercutisse em nosso cotidiano de forma tão bela.

Beijos de esperança.

Anónimo disse...

Lindo, lindo, as imagens, as palavras...

Ainda não me foi possível passar por lá. Espero passar em breve.

Beijos e bom fim de semana.

o alquimista disse...

Dança de palavras ilustradas de sulimes imagens...Adoro visitar-te...


Doce beijo

Andreia do Flautim disse...

Bonito quadro!:)

A menina é muito bonita:)

Tó Luis disse...

Olá Ana...
Espero que regresses com uma forte motivação para realizares novas pinturas e isso claro que vai acontecer concerteza...
É verdade , estou com 1000 projectos de ideias e alguns em execução , penso que quando vieres com a mente limpa e clara essa força interior vai voltar , tudo se vai resolver...
Estou a pensar em ir vêr a exposição amanha de manha é a altura em que me dá jeito naturalmente vou ficar muito satisfeito...
Bjs

Andreia do Flautim disse...

Fui de vermelho porque gosto de vestir vermelho;)

Eu lembro-me em viseu ver exposições de quadros no cinema de S. Mateus, não sei se ainda está aberto.

Na minha universidade (Universidade Católica de Viseu) também costumava haver exposições na biblioteca...

Anónimo disse...

Olá Ana,

vim espreitar-te mais uma vez e aproveito para repetir o que disse ao teu maridinho. Estou a pensar ir à tua exposição no próximo sábado.

Não a perco, podes crer!

Beijocas

Tia Cremilde disse...

eu fico com um beijo e tu ficas com os meus parabéns!! Grande sentido artístico!

Anjinha disse...

Owa :o)

Linda, linda imagem :o)

have a nice day :o)

Beijinho

Claudinha disse...

A sabedoria, o aprendiz, o infinito e todas as suas possibilidades e o abismo depois da plataforma de pedra... Hmmm, muito significativo! Beijos amiga, para os três abençonhados!

Anjinha disse...

vim fazer a minha correxaoxinha :o)
nao é imagem, é quadro :o)
podem te dar, mt trabalhinho, mas o resultado vale a pena :o)

Rhiannon disse...

Bem este teu quadro lembra-me muita coisa do meu próprio imaginário... Está lindissimo!
E sim, a história é mesmo minha, ainda bem que gostaste ;) seria giro ver uma ideia minha transformada num quadro teu. Vou tentar ir à exposição prometo! beijinhos!

margusta disse...

Olá Ana,
...Domingo á tarde..chovia imenso, mal se conseguia ver a estrada...fila para atravessar a ponte...as rajadas de vento faziam-se sentir....
O destino estava traçado..a familia ainda reclamou...ela disse _ Todos os dias são bons para fazer o que nos apetece , todos os dias são bons para viver...que importa se chove..para que servem as roupas para andar á chuva e os chapéus de chuva....

É Ana estava decidido que tinha de ser hoje (ontem ) que ía ver a tua exposição, e assim foi , debeixo de um imenso temporal. Mas valeu a pena!!! ...e posso dizer-te que a minha familia deixou de reclamar e ADOROU...eu claro é que fiquei deleciada....e...
...fui menina junto ao professor...

Muito para apreender...

Sabes acho que as tuas telas são muito mais bonitas ao vivo!

Beijinhos e uma boa semana.

sousa carneiro disse...

Acabei de visitar com demora o seu
blog e gostei particularmente do que vi e li. Voltarei mais vezes. E agradeço-lhe ter passado pelo menos por um dos meus artigos. Sei que leu porque se refere irónica-
mente à ausência de parágrafos (mas olhe que à legitimidade nisso)
retendo «Há pontos finais», do Almada, postando... «e parágrafos»
Esperemos por outros encontros.
Rocha de Sousa

Tó Luis disse...

Olá Ana...
A Chuva forte em Lisboa no Domingo atrazou-me a ida á Exposição , quero dizer-te que não a vou perder , estou até com alguma ansiadade em a visitar , portanto minha Amiga ,não me vais escapar...
Bjs
Tó Luis (depois falarei da tua pintura)

Zeca disse...

Mesmo sem as tuas letras fico feliz com o teu odor.
A tua Alma é tão grande que fico sem voz para escrever.
Fica bem
Zeca

pequenita (quando o teu corpo e o meu) disse...

Beijo partido de vidro
incandescente.
De cores escorridas
e pincéis sujos.
Beijo de papel branco
No canto jogado.
Beijo cheio de ausências,
de cortes e dores,
De braços cansados.
Beijo de caminho sem volta,
de quarto vazio.
Beijo sem boca,
Sem corpo, sem custo.
Beijo no claro e vazio da minha alma
Que se solta...
Calma.

Mikas disse...

As palavras são lindas querida, desejo-te uma óptima semana.

Anónimo disse...

Aquela frase é de Frida sim, Ana. Estive a procurar o site em que encontrei, mas infelizmente fiz a prvoice de não o adicionar...no entanto, o sentido era a sua dicotomia entre dois tipos de sentimentos que foram traduzidos em palavras. Uma das frases auela, outra, completamente diferente, a necessidade da morte como fim do seu sofrimento. Se o encontrar ainda to dou.

Espero que esteja tudo normalizando por aí.

Beijinhos

Frioleiras disse...

Muito bonito ... Doce, suave ...

RPM disse...

muito bonito.....

bj e abraço

RPM